segunda-feira, 24 de maio de 2010

O espião de Carminatti

Conversei com o Roberto Carminatti ainda há pouco, nesta segunda-feira, e combinamos travar outra conversa daqui a alguns dias, quando ele retornar dos EUA, onde foi tratar de detalhes de duas novas produções. Ele é um cara muito centrado e consciente da dificuldade de tratar esse gênero no Brasil.
Baseado nessas conversas com ele, produzirei um artigo para um jornal de Santa Catarina. Será o segundo. Fiz um outro, analisando o filme através das lentes da minha dissertação de mestrado. Deve sair nos próximos dias. Depois de publicado, postarei aqui para quem quiser conferir.