quarta-feira, 23 de junho de 2010

Livro no prelo

Como se dizia antigamente, o livro agora está no prelo. Fiz uma revisão ao longo de cinco dias e espero que saia tudo bem. Estamos, eu e a editora, a Nova Letra, de Blumenau, reavaliando a capa.
A pesquisa feita para produzir o romance "Fronteira" foi diferente que a realizada para "Souvenir Iraquiano" e "Neutralidade" (próximo romance). Isso porque "Fronteira" foi feito para mostrar as impressões dos personagens sobre os fatos que eles viveram. Cada personagem narra sua história, sem a intervenção de um narrador onisciente, que sabe tudo e vê tudo. Isso deu uma dinâmica muito boa à trama, uma grande velocidade.
Quem espera ver longas descrições, típicas de romances de espionagem, de thrillers, não vai encontrar. Ao invés disso, encontrará reflexões dos personagens sobre seus atos, as consequências de suas ações. Mass tudo muito dinâmico, dentro de uma visão real.
O livro deve ficar pronto agora em julho.