quinta-feira, 31 de março de 2011

Enquanto isso, no Norte da África

As revoluções no Norte da África teriam sido articuladas através das redes sociais da internet. Tudo movido por populares.
É o que diz a mídia.
A ONU autorizou ataques às forças líbias que estão atacando civis.
Tais civis derrubaram um avião e enfrentam tanques e munições de guerra com o quê? Armas anti tanque e anti aéreas.
O Reino Unido confirmou que forças especiais (SAS) estavam na Líbia há quase dois meses, infiltradas, prontas para marcar os alvos das bombas lançadas por caças-bombardeiros da ONU. Isso se faz com homens em terra utilizando canhões laser para "iluminar" os alvos.
Eles fizeram apenas isso?
Não estão treinando os "civis"? Não estariam, junto com tropas da Delta Force à frente dos "civis"?
Kadafi está lá porque foi deixado lá há anos pelos EUA, assim como o governo deposto do Egito, do Iemen e assim vai. Antes não incomodava, não fazia parte da programação.

Todo mundo sabe que isso vai chegar no Irã.
E isso tudo arquitetado por um "Prêmio Nobel da Paz". Se não arquitetado, com a "assinatura" dele.
Mídia, mídia, mídia... por que não vemos questionamentos, nos Jornais Nacionais da vida, sobre fatos tão obscuros assim?