segunda-feira, 6 de julho de 2009

Atos secretos

É engraçado. Quando a gente pensa em atos secretos do senado, logo vem à mente alguma coisa relacionado à espionagem, ações secretas do governo. Não é verdade? Não mais.
A nossa classe política contribuiu para cercear (talvez mais uma vez) o nosso imaginário coletivo.
Não há nada de literariamente interessante nos chamados atos secretos de nosso senado. São pura vagabundagem, sem-vergonhice. Usar ferramentas que deveriam ser usadas em função da segurança nacional para garantir aumentos de salários e fazer contratações de parentes.
Lixo.
Puro lixo.