quinta-feira, 2 de dezembro de 2010

O agente literário

Posso estar muito enganado, mas o que li sobre o trabalho do agente literário no mercado editorial norte americano sugere um profissional e marketeia, sim, o autor junto às editoras. É óbvio que ele não faz marketing do autor para o público. Ele é o elo do mercado entre o autor e as editoras, e quanto mais famoso o escritor, menor a porcentagem que ele recebe da obra, pois o autor pode viver sem ele. Por isso eles se agarram com contratos interessantes quando a relação entre ele e o escritor está mais vantajosa para ele (o agente), quando ele tem mais a oferecer.
Por isso o agente literário usa a experiência dele para desenvolver o autor, que é novato e está entrando no mercado naquele momento, desconhecendo muitas "regrinhas" do ramo.
Não raro agentes participam mesmo como editores e dão palpites na obra.
Onde estão esses agentes aqui no Brasil?